domingo, 30 de outubro de 2011

Lázaro Ramos sobre a peça "Namíbia, Não!" em Angra

Consegui fazer algumas perguntinhas pro Lázaro depois da apresentação da peça "Namíbia, não!" a qual ele é o diretor, na Festa Internacional de Teatro de Angra (FITA). A imagem e o áudio não estão bons porque estava bem escuro, mas dá pra ouvir legal se você aumentar um pouco o som no seu computador. A melhor parte é o final, quando ele manda um recadinho pra Maria =)
video
As perguntas foram:
- Então, o que você achou da peça aqui em Angra?
- Muito legal, foi a primeira oportunidade que tivemos de apresentar a peça fora de Salvador. Senti a diferença de apresentar a peça pra uma platéia que não era a baiana. Estava super tenso mas acho que fomos bem recebidos.
- Você pode dar dicas pro pessoal que quer fazer teatro aqui em Angra? =D
- A melhor dica é se juntar com pessoas que tem o mesmo objetivo que vocês, isso é muito legal. Eu acredito muito em grupo de teatro e se dedicar, porque nessa profissão as pessoas podem ter a ilusão de que é apenas pra ser famoso mas não, tem um valor maior que é se comunicar com as pessoas, levar mensagens... Mesmo que a mensagem seja apenas um sorriso. Mas é um valor muito grande. As vezes tem gente que chega pra mim e diz:"Uma vez eu vi uma peça sua que eu estava tão triste e voltei pra casa tão feliz." Isso é muito bom.
- Ainda mais nessa "Namíbia, não", que eu acho que instrui as pessoas.
- Exato! Poxa, que legal se eu puder levar sorriso e reflexão pras pessoas. Não há nada melhor.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Parabéns ao Estúdio i!




Impossível deixar essa data passar em branco. O Estúdio i nasceu há três anos e posso imaginar o "friozinho na barriga" que você sentiu nessa data. Sua competência e seu sucesso com o público são incontestáveis, é claro, mas o começo sempre traz um pouquinho de medo. Ainda mais, quando acompanhado de ousadia...




Tá certo que sou sua fã, mas pode confiar quando digo: sua ousadia causa orgulho e inspira admiração. Quando decidi prestar vestibular pra jornalismo, no final do ano passado, coloquei na minha cabeça: eu não sou tão bonita nem tão inteligente quanto a Maria. Eu nem sei se eu quero ou se vou conseguir chegar tão longe. Mas seja como for, quero me espelhar na coragem dela. Coragem que é sinônimo de humildade, de acolhimento. Você é uma verdadeira diva, mas não assusta. Posso testemunhar, que quando tive o prazer de estar ao seu lado, senti uma coisa tão boa, tão verdadeira...você não tem medo de errar e é por isso que acerta tanto.




Apesar de assistir ao programa quase diariamente, tenho certeza que não sei de um milésimo de tudo que vocês já enfrentaram e ainda enfrentam pra colocar esse tesouro no ar. Tirar o jornalismo da bancada, da formalidade, abrir um canal para ouvir a opinião dos internautas, correspondentes ao vivo no exterior..ufa! Deus colocou isso em suas mãos com muito carinho, Maria, porque Ele sabe muito bem que outra pessoa não daria conta do recado.




Com certeza, a equipe que te acompanha é maravilhosa. Dá pra ver que eles trabalham com a mesma dedicação e amor que você. Tudo que é feito com amor resulta em um produto final incrível, que nesse caso é o Estúdio i.




Saiba que ter estado aí, conhecendo esse universo que tanto me encanta, foi o presente mais especial da minha vida. Nem que eu viva mil anos vou me esquecer de cada segundo vivendo essa magia.




Desejo ao Estúdio i tudo de mais maravilhoso! Todo sucesso, saúde para a equipe e muitas bênçãos, energias, vibrações enfim. Espero que você sinta no seu coração, assim como eu sinto no meu, que isso é muito forte e muuuito sincero!




Não poderia terminar sem dizer (por mais chato, tiete e infantil que isso possa soar) : Eu amo você, Maria. Minha diva!




Beijo enorme da fã boba com orgulho!


Pâmela Vieira

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Enquanto o ENEM não vem...



Você curtindo suas ótimas e merecidas férias (trabalhar e ainda aturar eu e Luani não deve ser fácil, haha) e enquanto isso eu mergulhava de cabeça na minha apostila de revisão do enem (tipo umas 400 questões de cada matéria).






Foi quando me deparei com a questão da foto ao lado. Sim, eu sei que Maria e Ana são nomes comuns, mas pra mim, não. Pra mim, isso teve um significado especial e serviu pra que eu continuasse os estudos mais feliz =)


Te amo!

Pam